Dilema

Casas que se constroem no medo
Ruas que surgem na desconfiança
Cidades que se erguem na loucura

Casas que sobrevivem no degredo
Ruas que se mantêm sem segurança
Cidades que crescem sem cultura

E depois há quem lhes aponte o dedo
Quem grite por mudança,
São os tontos que lutam por brandura!

Entrarei em contacto, assim que possível.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.