Miradouro do Campo da Rata: a visitar pelo menos uma vez na vida

Um banco de madeira e uma das panorâmicas mais impressionantes da Galiza é o suficiente para sentir o mundo a seus pés. Localizado no cimo dum monte em Cedeira, no município de Redondela, o miradouro oferece aos visitantes uma autêntica excursão pelas ilhas sem sair do sítio. Uma paisagem digna de assumir-se como musa do melhor dos poetas.

Tudo começou, em 2015, com a instalação de um banco de madeira por um habitante das redondezas. No topo do monte, entre floresta e rochas, faltava algum objeto que permitisse a contemplação de uma das mais belas paisagens que se pode ter sobre a Galiza. De princípio a nova construção humana causou surpresa, mas rapidamente os locais e visitantes aperceberam-se da pertinência e astúcia do artesão, arrependendo-se apenas de não terem sido os autores desta inacreditável proeza. Esculpido com amor e carinho, a simplicidade da obra rivaliza com a nobreza da vista que ostenta. Com as Rias Baixas a seus pés, poderá observar, admirar e sentir a essência das águas galegas, mergulhar no seu azul cristalino, e retomar a terra com a alma renovada.

Situado no município pontevedrés de Redondela, o Miradouro do Campo da Rata está agora em estreita ‘competição’ com o coruñes de Ortigueira pelo lugar de melhor banco do mundo. Se um oferece a possibilidade de navegar desde as ilhas Cíes até à enseada de San Simón, o outro permite atentar nas vistas desde o Cabo de Estaca de Bares até ao Cabo Ortegal. Seja como for, cada um à sua maneira merecem ser visitados pelos galegos e forasteiros apaixonados pela nazón de Breogán.

Hoje em dia, a procura é tanta que se verificam filas de espera: muitos anseiam pela nova fotografia de perfil para atualizar as redes sociais; outros tantos apenas desejam assomar-se pelo espectáculo natural envolvente. Por isso, tendo em conta o potencial ‘trânsito’ de visitantes, convém ir o mais cedo possível em dias de verão. Revela-se igualmente importante que a vontade de conhecer tão afamado lugar não tropece na falta de civismo. Se vai registar o momento com a câmara faça-o, mas evite demorar a tarde inteira. Em sentido inverso, se a sua intenção é escrever notas de homenagem à pintura, que está mesmo à sua frente, então é melhor escolher uma altura menos propícia aos devaneios dos veraneantes.

Não deixa de ser interessante como este banco, estrategicamente colocado no cimo de um monte, se tornou tão famoso. Num ápice, a partilha de fotografias tornaram o Miradouro do Campo da Rata num fenómeno viral. Seguiram-se muitos curiosos e, inclusive, alguns atos de vandalismo. De facto, este pequeno símbolo humano num mar de natureza sofreu, por absurdo que possa parecer, atos de vandalismo. Assim sendo, teve que se reerguer, qual Fénix das cinzas, para tomar o que é seu por direito – uma das mais espectaculares panorâmicas da Galiza. Segundo o site Trivago, este é um dos 30 locais imprescindíveis a visitar em Espanha pelo menos uma vez na vida, e nós não podíamos estar mais de acordo.

Texto da minha autoria originalmente publicado em galego na e-magazine
Revista Punto.

Fotografia retirada do sítio web “Me Gusta Galicia” (todos os direitos reservados)

2 thoughts on “Miradouro do Campo da Rata: a visitar pelo menos uma vez na vida

Entrarei em contacto, assim que possível.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.