Revitalizar o corpo e a alma

As águas d’O Grove e da Ilha da Toxa são conhecidas pelos seus benefícios terapêuticos. Com a capacidade de eliminar o stress, junto à beira-mar, a azáfama do quotidiano deixa de fazer sentido. Enquanto se relaxa o corpo, ao desfrutar de uma excelente massagem, é possível libertar a mente e navegar pelo azul intenso do horizonte.

O turismo na Galiza tem diversos pontos de interesse e consegue agradar a públicos distintos. Os apaixonados pela natureza e aventura encontram aqui um leque vasto de opções, assim como os veraneantes que adoram desfrutar de ‘banhos de sol’ nas paisagens mais idílicas. Ao mesmo tempo, há também espaço para os visitantes que procuram revitalizar energias, enquanto relaxam num cenário marcado pelo requinte. Neste sentido, a Ilha da Toxa surge como uma das escolhas mais óbvias para quem procura libertar o corpo e o espírito das pressões da vida. Apesar de estar longe da envolvente virgem do Parque Nacional das Ilhas Atlânticas, não é por acaso que A Toxa é considerada o maior balneário em todo o território galego.

A Capela de A Toxa – ermida que chama à atenção por estar revestida de conchas de vieiras –, o campo de golfe e o casino são apenas alguns dos atrativos turísticos locais. No entanto, os centros de talassoterapia assumem o papel principal entre as razões para as vindas dos ‘forasteiros’. Com recurso à utilização das propriedades únicas do meio marinho, num ambiente controlado e sob vigilância profissional, os visitantes podem combater o stress, renovar a mente e navegar pelo azul intenso do horizonte. Na Ilha da Toxa é possível encontrar-se a serenidade que muitas vezes falta. Depois disso, e de caminhar pelo interior de A Toxa, aproveite o facto de a ilha estar ligada a terra por uma ponte e dê uma ‘escapadinha’ até ao centro urbano e histórico d’O Grove.

IMG_6779
Pormenor das conchas em forma de vieira d’ A Capela de A Toxa.

Localizado na entrada da Ria de Arousa, o concelho d’ O Grove é uma península que ocupa cerca de 21 km2 e está formado por duas freguesias – San Martiño e San Vicente. As praias, águas termais e o marisco fazem deste um dos destinos mais conhecidos da Galiza. Pelas ruas e praças destaca-se uma rede de mais de 50 esculturas de granito, bem como uma variedade sem fim de marisqueiras. Mexilhões, ostras, vieiras e amêijoas são alguns dos aperitivos que abrilhantam os cardápios gastronómicos. De facto, uma das maiores riquezas deste sítio reside não só no poder curativo das suas águas, mas também na quantidade e qualidade dos produtos do mar. Se visitar O’Grove durante o verão, registe na agenda um eventual regresso para o início de outubro, altura do ano em que decorre a habitual e célebre Festa do Marisco.

O concelho tem a capacidade de possibilitar várias experiências aos turistas. Desde os benefícios terapêuticos das suas águas, ao marisco e carisma mais urbano, até aos encantos puros da natureza mais agreste. No outro extremo da península, na comarca de San Vicente, encontram-se as praias de maiores areais. Para lá chegar pode usufruir do GroBus, se for em tempo de veraneio, e decidir onde começar o seu percurso a pé. Com umas incursões pelo mato pode passar de praia em praia até encontrar aquela que lhe agrada mais, desde as mais indicadas para os adeptos do naturismo às famílias. Mas, seja qual for o caminho que tomar, não se esqueça de visitar o Con Negro: uma falésia aberta e ventosa com ondas moderadas, ideal para os amantes da tranquilidade.

Texto publicado originalmente em galego na Revista Punto

2 thoughts on “Revitalizar o corpo e a alma

Entrarei em contacto, assim que possível.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.