Sintra: O destino mais místico e romântico de Portugal

Situada a 30 minutos de Lisboa, Sintra desfruta de uma localização geográfica mais do que pertinente para ser considerada como um dos melhores destinos complementares à capital. Para quem ali chega pela primeira vez, é inevitável a surpresa com o tamanho do espaço, mas a verdade é que esta pequena vila acolhe tudo aquilo que um conto de fadas precisa para o ser: terra de nobres, reis e rainhas; castelo conquistado aos Mouros e refúgios misteriosos no meio da serra. Do alto dos seus montes verdes, e sob a perspetiva de um qualquer de muitos palácios que aí existem, avista-se o mar.

Sintra é, por isso, um destino irrefutável para os casais de apaixonados que andam à procura de um local para a sua próxima ‘escapadinha’. Quem não deseja um caloroso abraço junto ao Palácio da Pena? Ou aquele apertar forte de mãos à descoberta da Quinta da Regaleira?

sintra-2366526_1280
Quinta da Regaleira

Enumeramos alguns dos principais sítios que deve incluir no seu roteiro! Considerada Património Mundial da UNESCO e uma das 7 Maravilhas de Portugal em 2007, de facto, motivos não faltam para se render aos encantos desta pitoresca e saborosa vila. Sim, ou está a pensar ir para estes lados sem provar os famosos Travesseiros e as Queijadas de Sintra? Sem dúvida, estas relíquias gastronómicas são parte obrigatória da sua viagem a dois.

Entre os vários palácios, certo é que o Palácio Nacional da Pena merece particular destaque. Pintado em tons de amarelo e vermelho, este edifício representa o expoente máximo do romantismo português no século XIX, surpreendendo desde a peculiaridade da sua arquitetura à beleza dos seus jardins. A sua imagem consta praticamente em todos os postais ou imagens panorâmicas da vila. Aproveite para subir até ao palácio a pé, atravessando a bela mata, e pelo meio pare para tirar umas fotografias ao traçado das muralhas do Castelo dos Mouros – que também já não está muito longe. No Palácio prepare-se para encontrar filas com muitos turistas, mas não deixe que isso seja um fator impeditivo, assim que entrar lá dentro vai perceber que toda a possível espera terá valido a pena. No interior, poderá visitar os aposentos reais, os salões e as cozinhas, que se mantêm fiéis a outros tempos. Para além disso, aventure-se até às varandas laterais e contemple a magnífica paisagem de verde que está em seu redor.

sintra-2728827_1280
Poço Iniciático na Quinta da Regaleira

Se andar um pouco mais para o lado alcança o célebre Castelo dos Mouros, conquistado por el-rei D. Afonso Henriques aos árabes. Percorra as muralhas e as ruínas e sustenha a respiração por uns breves segundos, junto com o seu mais que tudo, e deixe-se arrebatar pela grandiosidade do oceano e dos palácios de Sintra (situado no centro da vila e casa da família real portuguesa até 1910) e da Pena. Ao regressar da viagem marcada pela magia da serra, entre no Eléctrico de Sintra e prepare-se para uma descontraída atividade a dois rumo à Praia das Maçãs. Incrível, não é? Sintra consegue oferecer-nos um verde sem igual, uma visita a tempos ancestrais e, ainda como senão bastasse, brinda-nos com o que de mais belo há: o mar a perder de vista.

SAMSUNG CAMERA PICTURES
Palácio da Pena

Que tal descansar um pouco? Em Sintra há diversas opções de alojamento, algumas não são acessíveis a todos os casais, mas se quiser fazer desta uma ocasião mesmo especial pode sempre experimentar o Tivoli Palácio de Seteais – um luxuoso hotel de cinco estrelas. No dia seguinte, e após o requinte que qualquer apaixonado merece, siga viagem até aos últimos dois pontos do nosso roteiro. Comece pelo Palácio de Monserrate, situado a quatro quilómetros de Sintra, que se destaca pela riqueza e variedade dos seus jardins botânicos. Depois, é a vez da Quinta da Regaleira, uma das paragens obrigatórias. Neste caso, em particular, a visita vale não só pela oportunidade de descobrir o palácio (mais outro), mas, sim, pelo misticismo que lhe está associado desde sempre. Com quatro hectares, a quinta está rodeada de jardins, lagos, grutas e construções, no mínimo, enigmáticas e com significados alquímicos. Um dos locais mais fotografados de Sintra situa-se também aqui, nomeadamente o poço iniciático, ou seja, uma galeria circular em forma de espiral com uma profundidade de cerca de 27 metros.

Ainda tem dúvidas de que este é um excelente destino para fazer com a sua cara-metade? Experimente para não se arrepender.

SAM_2514.JPG
Quinta da Regaleira

Texto da minha autoria publicado originalmente na Revista RUA

Entrarei em contacto, assim que possível.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.