«O Rouxinol»: Cantar o amor em tempos de guerra

Nos anos 30, as memórias da I Guerra ainda permaneciam vivas em França; mas era um ponto onde ninguém queria voltar. No ambiente boémio citadino, ou na pacatez do campo, entre casas e famílias desfeitas, os franceses seguiam em frente; uns construíam um novo lar, outros minoravam a dor no álcool. Em qualquer um dos casos, para a frente era o caminho. No entanto, o estado de acalmia estava prestes a ser desfeito com a ocupação nazi; este é o cenário literário d’O Rouxinol, romance de Kristin Hannah, autora norte-americana.

O enredo leva-nos a recuar até à II Guerra, percorrendo um dos períodos mais negros da história francesa, num misto de admiração e repulsa, de conflito e reconciliação; numa perspetiva incomum assente em protagonistas femininas – duas irmãs separadas pelos anos e pelo modo de estar na vida. Vianne e Isabelle, cada uma à sua maneira, vão enfrentar as agruras da guerra, numa jornada de pura resistência, longe da linha frente, mas igualmente admirável. 

Em 1939, na pacata vila de Carriveau, Vianne Mauriac despede-se do marido, Antoine, que parte para travar os soldados alemães. Numa fase inicial, ninguém acreditava que fosse possível uma ocupação nazi, mas quando o governo francês anunciou a rendição, tudo mudou… O país foi dividido numa Zona Livre e noutra Ocupada, entregue às tropas de Hitler. Esta divisão territorial estabelece uma analogia para a própria relação entre as duas irmãs. Durante muito tempo, Vianne e Isabelle mantiveram-se demasiado afastadas, mas os seus destinos vão-se cruzar e fortalecer com a guerra.

Com o marido fora e a responsabilidade de criar a pequena Sophie, o quotidiano de Vianne torna-se ainda mais difícil quando um oficial nazi se muda para sua casa. Zelosa por natureza, Vianne aceita passivamente a invasão do seu lar, algo que espoleta uma total incompreensão na sua irmã mais nova. Isabelle Rousignol, de espírito destemido, recusa-se a conviver com o inimigo e alista-se à resistência francesa, onde vai assumir um papel ativo. De algum modo, os caminhos das duas irmãs parecem totalmente opostos, mas o narrar da história traz-nos dados novos: a evolução de Vianne e como esta se torna numa heroína; e aquilo que parecia um eterno conflito fraternal nada mais é do que puro amor.

Entre 1939 e 1944, Vianne e Isabelle representam todas as mulheres francesas que tiveram que lutar diariamente pela sua sobrevivência, em condições de ameaça de morte constante, pobreza e fome; as suas armas não disparavam balas, mas salvavam vidas. O Rouxinol é um relato literário comovente que explora o imaginário aterrador da II Guerra, mas também a beleza e o poder das relações humanas. Ontem como hoje, é preciso cantar o amor em tempos de guerra.

CLASSIFICAÇÃO FINAL: 8/10

FICHA TÉCNICA DO LIVRO:

Título: «O Rouxinol»

Autora: Kristin Hannah

Tradução: Marta Pinho

Edição: Bertand Editora

SOBRE A AUTORA

Kristin Hannah é uma daquelas escritoras de sucesso, cujo rumo profissional iniciou noutra esfera. Nascida em 1960, na Califórnia (E.U.A), Kristin trabalhou alguns anos em publicidade e em escritórios de advocacia. Contudo, quando a gravidez a atirou para a cama durante vários meses, foi na escrita que a norte-americana encontrou um refúgio para o tédio. No início, Kristin aproveitou para recuperar alguns textos antigos que tinha escrito em parceria com a falecida mãe. No entanto, a nostalgia do passado foi apenas o pavio para uma incursão profunda no mundo das palavras. Atualmente, a autora conta com 19 romances publicados, incluindo traduções em vários idiomas, e já recebeu diversos prémios. 

4 thoughts on “«O Rouxinol»: Cantar o amor em tempos de guerra

    1. Descobri Kristin Hannah com o livro “A Grande Solidão” e desde então tenho seguido de perto as suas obras; a autora não desilude! “O Rouxinol” é uma grande história e ensina-nos, que mesmo em tempos de guerra, precisamos e há lugar para amor. Aconselho vivamente!

      E já agora obrigada pela sua vinda ao meu blogue, se estiver interessada em mais conteúdos literários passe a seguir-nos nas redes sociais, seria um prazer tê-la comigo! 😊🙏

      Gostar

Entrarei em contacto, assim que possível.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.