Um dos segredos mais bem-guardados da costa lucense

O Fuciño de Porto tornou-se, a par da Praia das Catedrais, numa das maiores atrações turísticas do norte da província de Lugo. O lugar celebrizou-se após a divulgação duma série de artigos e fotografias na Internet, mas mantém, para já, a pureza das suas paisagens virgens e naturais. A Galiza é um território repleto de … Continue reading Um dos segredos mais bem-guardados da costa lucense

Sentir a Galiza

Unidos pelo Rio Minho, o Norte de Portugal e a Galiza são praticamente ‘irmãos’. Visitar o território galego não significa, de todo, conhecer Espanha. Mas, sim, um pequeno mundo à parte, munido de uma essência única. Com praias de um azul cristalino, qual reflexo do firmamento, não faltam motivos para atravessar a fronteira: monumentos de … Continue reading Sentir a Galiza

Ilhas Cíes: O paraíso aqui ao lado

Se um dia alguém escreveu um poema sobre a magnânima paisagem de Vigo, na Galiza, por certo, encontrou nas Cíes a sua maior fonte de inspiração. Não há hotéis, nem azáfama citadina. Não há poluição, nem caixotes do lixo. Em vez de pessoas, as gaivotas de pata-amarela assumem o papel de moradores. Com o sentir … Continue reading Ilhas Cíes: O paraíso aqui ao lado

Miradouro do Campo da Rata: a visitar pelo menos uma vez na vida

Um banco de madeira e uma das panorâmicas mais impressionantes da Galiza é o suficiente para sentir o mundo a seus pés. Localizado no cimo dum monte em Cedeira, no município de Redondela, o miradouro oferece aos visitantes uma autêntica excursão pelas ilhas sem sair do sítio. Uma paisagem digna de assumir-se como musa do … Continue reading Miradouro do Campo da Rata: a visitar pelo menos uma vez na vida

Trebilhadouro: O doce renascer de uma aldeia d’outrora

Situada nos socalcos da Serra da Freita, a 625 metros de altitude, a aldeia do Trebilhadouro é conhecida pelos valecambrenses e habitantes dos concelhos vizinhos. Hoje em dia, no entanto, quase podemos afirmar que o seu nome chegou a praticamente todos os cantos de Portugal. Há uns tempos atrás tal constatação poderia soar a exagero, … Continue reading Trebilhadouro: O doce renascer de uma aldeia d’outrora

Ilhas Cíes: Cinco pontos na mais perfeita das pinturas

Falar da Galiza sem mencionar as Ilhas Cíes é quase imperdoável; tão inconcebível como se alguém quisesse escrever um artigo sobre a beleza da cidade do Porto esquecendo-se de apontar, por exemplo, a Torre dos Clérigos. O arquipélago das Cíes assume o papel de derradeira jóia da coroa da ria de Vigo. Outrora visitadas por … Continue reading Ilhas Cíes: Cinco pontos na mais perfeita das pinturas

Flâneur: Degustar a liberdade entre livros e cafés

É cliché contudo, não deixa de ser verdade, o Porto está na moda. As ruas enchem-se de turistas, espaços gourmet e atividades de lazer. No entanto, dentre este reboliço mediático, é necessário saber preservar a memória, identidade e essência da cidade. Fonte de inspiração para poetas, autores e artistas de várias artes, a invicta continua … Continue reading Flâneur: Degustar a liberdade entre livros e cafés

Corunha: Cinco sítios obrigatórios a visitar

A Corunha é uma das cidades mais importantes da Galiza. Situada no noroeste da Península Ibérica, a sua origem remonta a tempos ancestrais. Trata-se de um local mágico, repleto de lendas e histórias incríveis para contar. Com uma forte ligação ao mar, predominam as praias e os monumentos erguidos à beira do Atlântico. Ecos de uma … Continue reading Corunha: Cinco sítios obrigatórios a visitar

Castelo de Santo Antão: A fortaleza que une terra e mar

A Galiza é uma daquelas regiões com todos os ingredientes necessários suscetíveis de fascinar os seus visitantes: a amabilidade das pessoas, a excelente gastronomia, o encanto das paisagens e o requinte da sua História; cada elemento compõe a receita perfeita para impulsionar o ávido desejo de ir e querer voltar. Situada quase no extremo Norte, … Continue reading Castelo de Santo Antão: A fortaleza que une terra e mar

Todos os caminhos vão dar a Santiago

Na cultura popular portuguesa é frequente dizer-se: "Todos os caminhos vão dar a Roma." Esta é uma daquelas expressões que preenchem o nosso imaginário desde tenra idade. Recorremos a este tradicional dito sempre que queremos explicar a alguém que indiferente é o rumo, pois o destino acaba por ser apenas um. No entanto, em vez … Continue reading Todos os caminhos vão dar a Santiago