Um livro pela tua ausência no Natal

              Rosa era uma jovem de vinte e tal anos, com uma enorme paixão pelo mundo da escrita. Natural de uma pequena aldeia, nunca sentiu que pertencesse realmente àquele lugar, como se a sua casa estivesse num outro sítio, mas não ali. Custava-lhe a ideia de partir e de … Continue reading Um livro pela tua ausência no Natal

Desnorteios do tempo

Desnorteios perdidos nos tempos Calvários lacrimejados de tensão Desvios e tristes contratempos Negrume e presságio de solidão Tormenta lançada ferozmente ao rio Afogamo-nos em entorpecimentos Aura desconecta d’Eu sombrio Sepultura coberta em mil lamentos Tentamos e falhamos sucessivamente Num complexo universo traiçoeiro Sombras de um mundo alcoviteiro Cemitério poeirento e abandonado Desnorteios de perpetuidade Cova … Continue reading Desnorteios do tempo

(Des)construção

Desconstruindo o meu ‘eu’ não creio que seja diferente do teu Arrumadas em caixas poeirentas estão as réstias da infância As primeiras palavras, as primeiras quedas e as primeiras dores Pelo meio desse arsenal desmedido de bagatelas constam vários registos Amontoados e desprovidos de qualquer ordem lógica aparente São diversas provas dum ‘eu’ que aparentemente … Continue reading (Des)construção