Voar sem fronteiras

apetece voar com o vento esquecer o sul e o norte aproveitar cada momento antes que chegue a morte dispenso consentimentos e um mundo com fronteiras vivo pequenos fragmentos sem medo, salto cordilheiras desenho o mapa da liberdade apago os constrangimentos caminho com a minha verdade ignoro o sabor da distância abraço a vida como … Continue reading Voar sem fronteiras

Sentir a Galiza

Unidos pelo Rio Minho, o Norte de Portugal e a Galiza são praticamente ‘irmãos’. Visitar o território galego não significa, de todo, conhecer Espanha. Mas, sim, um pequeno mundo à parte, munido de uma essência única. Com praias de um azul cristalino, qual reflexo do firmamento, não faltam motivos para atravessar a fronteira: monumentos de … Continue reading Sentir a Galiza

Ilhas Cíes: O paraíso aqui ao lado

Se um dia alguém escreveu um poema sobre a magnânima paisagem de Vigo, na Galiza, por certo, encontrou nas Cíes a sua maior fonte de inspiração. Não há hotéis, nem azáfama citadina. Não há poluição, nem caixotes do lixo. Em vez de pessoas, as gaivotas de pata-amarela assumem o papel de moradores. Com o sentir … Continue reading Ilhas Cíes: O paraíso aqui ao lado

Ilhas Cíes: Cinco pontos na mais perfeita das pinturas

Falar da Galiza sem mencionar as Ilhas Cíes é quase imperdoável; tão inconcebível como se alguém quisesse escrever um artigo sobre a beleza da cidade do Porto esquecendo-se de apontar, por exemplo, a Torre dos Clérigos. O arquipélago das Cíes assume o papel de derradeira jóia da coroa da ria de Vigo. Outrora visitadas por … Continue reading Ilhas Cíes: Cinco pontos na mais perfeita das pinturas

Vigo: Cidade onde a vida é mar

O mar simboliza a dinâmica da vida, retratando as suas inúmeras transformações. Ora prima a acalmia, ora reina a intempérie. Com tais voláteis sensações, não é de estranhar que muitos se deixem por ele apaixonar. Gregos, fenícios, romanos e vikings muniram as suas atenções para o mar. Cedo perceberam a sua capacidade de gerar riqueza … Continue reading Vigo: Cidade onde a vida é mar

Ilhas Cíes: Navegando rumo ao ‘paraíso dos deuses’

Neptuno, deus do mar, surge na mitologia romana como o senhor de todos os oceanos, rios, lagos e fontes. Neptuno é o senhor das sereias, ninfas e tritões e, consequentemente, uma das personagens mais icónicas do figurino clássico. Tivesse Neptuno criado todos os pedaços de terra rodeados pelos mares e as Ilhas Cíes seriam, certamente, a … Continue reading Ilhas Cíes: Navegando rumo ao ‘paraíso dos deuses’