Cascata da Cabreia: Um paraíso de água doce

Portugal é reconhecido pela sua extensa costa Atlântica, praias de areia branca e ondas gigantes que atraem inúmeros surfistas de todo o mundo. Contudo, este pequeno recanto à beira-mar plantado não é só sinónimo de turismo costeiro, bacalhau e sardinhas dos santos populares. Por cá, também se contam muitos paraísos de água doce, à espera … Continue reading Cascata da Cabreia: Um paraíso de água doce

Identidade visual do Crónicas de Utopia: O reflexo de um designer irreverente

O Crónicas de Utopia é um blogue que combina dois lados distintos: o rigor e objetividade do jornalismo nos textos mais factuais; e o espírito livre e inconformado que surge nos textos de veia mais criativa. Sendo um projeto pessoal dedicado a várias frentes, tais como História, Viagens e Poesia, não é fácil captar num … Continue reading Identidade visual do Crónicas de Utopia: O reflexo de um designer irreverente

Óbidos, onde o movimento aquece e o silêncio entorpece

Portugal é um país repleto de maravilhas e, sem dúvida, Óbidos integra este leque. Considerado um dos destinos nacionais mais turísticos, e não obstante a sua história secular, a verdade é que a vila se tem renovado ano após ano. Os eventos culturais multiplicam-se, de forma a atrair visitantes continuamente, desde os miúdos aos graúdos, … Continue reading Óbidos, onde o movimento aquece e o silêncio entorpece

Refúgio oitocentista com vista sobre o Douro em Cinfães

As ‘escapadinhas’ fazem bem a qualquer um, desde o CEO da multinacional mais célebre do momento ao ‘simples’ operário fabril, certo é que todos precisamos de um merecido descanso. Para além disso, o Turismo em Portugal vive ‘dias de glória’ e multiplicam-se os blogues, revistas e artigos com diversas sugestões. Por isso, no “Crónicas de … Continue reading Refúgio oitocentista com vista sobre o Douro em Cinfães

Chipre: À descoberta da ilha de Afrodite

O Chipre não só é uma das ilhas mais populosas do Mar Mediterrâneo, mas também é a mais oriental de todas. Situada ao largo das costas da Síria e da Turquia, afirma-se como um ponto de encontro entre distintas culturas. Se por um lado há uma clara proximidade ao ‘Velho Continente’, marcada pela herança da … Continue reading Chipre: À descoberta da ilha de Afrodite

Ilha de Arousa, imaculada e de espírito independente

A costa marítima é uma das maiores fontes de riqueza da Galiza, ao nível da prática de atividades como a pesca, mas também de captação turística. As várias ilhas existentes surgem como um dos seus maiores pontes de interesse. Discreta aos olhares do mundo, e situada no coração da ria com o mesmo nome, nunca … Continue reading Ilha de Arousa, imaculada e de espírito independente

Revitalizar o corpo e a alma

As águas d’O Grove e da Ilha da Toxa são conhecidas pelos seus benefícios terapêuticos. Com a capacidade de eliminar o stress, junto à beira-mar, a azáfama do quotidiano deixa de fazer sentido. Enquanto se relaxa o corpo, ao desfrutar de uma excelente massagem, é possível libertar a mente e navegar pelo azul intenso do … Continue reading Revitalizar o corpo e a alma

Um dos segredos mais bem-guardados da costa lucense

O Fuciño de Porto tornou-se, a par da Praia das Catedrais, numa das maiores atrações turísticas do norte da província de Lugo. O lugar celebrizou-se após a divulgação duma série de artigos e fotografias na Internet, mas mantém, para já, a pureza das suas paisagens virgens e naturais. A Galiza é um território repleto de … Continue reading Um dos segredos mais bem-guardados da costa lucense

Sentir a Galiza

Unidos pelo Rio Minho, o Norte de Portugal e a Galiza são praticamente ‘irmãos’. Visitar o território galego não significa, de todo, conhecer Espanha. Mas, sim, um pequeno mundo à parte, munido de uma essência única. Com praias de um azul cristalino, qual reflexo do firmamento, não faltam motivos para atravessar a fronteira: monumentos de … Continue reading Sentir a Galiza

Ilhas Cíes: O paraíso aqui ao lado

Se um dia alguém escreveu um poema sobre a magnânima paisagem de Vigo, na Galiza, por certo, encontrou nas Cíes a sua maior fonte de inspiração. Não há hotéis, nem azáfama citadina. Não há poluição, nem caixotes do lixo. Em vez de pessoas, as gaivotas de pata-amarela assumem o papel de moradores. Com o sentir … Continue reading Ilhas Cíes: O paraíso aqui ao lado