Zeca Afonso: Recordar a voz da utopia e da liberdade

«Grândola, vila morena/ Terra da fraternidade/ O povo é quem mais ordena/ Dentro de ti, ó cidade... », volvidos 46 anos, estes versos ainda ecoam no imaginário de cada um; seja por se tratar do símbolo musical mais pungente do 25 de Abril, ou por entretanto se ter assumido como um grito internacional em prol … Continue reading Zeca Afonso: Recordar a voz da utopia e da liberdade